MENSAGEM DOS CONSELHEIROS NOSSOS NA SISTEL PARA 2020

Com o objetivo de tranquilizar aos assistidos do PBS-A  estamos divulgando abaixo que, o EQUACIONAMENTO DO DÉFICIT do plano PBS-A, caso ocorra, é de plena responsabilidade das patrocinadoras conforme consta no regulamento aprovado recentemente pelo Conselho Deliberativo da Sistel e registrado na PREVIC, diferentemente do que algumas pessoas com intenções outras estão divulgando através das redes sociais, relatamos o que foi aprovado:

CAPÍTULO XII DO EQUACIONAMENTO DO DÉFICIT Art. 81 – Em caso de apuração de déficit no Plano, por ocasião do levantamento das Demonstrações Contábeis do exercício, considerando a respectiva Avaliação Atuarial anual, o seu equacionamento deverá ser realizado conforme Nota Técnica Atuarial do Plano, legislação vigente aplicável à matéria e Convênio de Adesão.

Para melhores esclarecimentos à população interessada temos que destacar que o Convênio de Adesão de 1999 do qual todas as patrocinadoras são signatárias diz o seguinte:

CLÁUSULA SEXTA

Do eventual déficit no Plano PBS-A

6.2 ocorrendo déficit n plano PBS-A, as Patrocinadoras que estejam a ele vinculadas (“Patrocinadoras do Plano PBS-A”) estarão obrigadas a cobrir o déficit no prazo que o Conselho de Curadores (atualmente Conselho Deliberativo) de a SISTEL fixar, cabendo a cada Patrocinadora do Plano PBS-A um montante, calculado atuarialmente a partir das reservas matemáticas de benefícios concedidos de cada Patrocinadora em relação ao total das referidas reservas sob responsabilidade desse plano.

É bom  salientar que os quatro Conselheiros eleitos, representantes dos assistidos, Flordeliz, Burlamaqui, Ítalo e Ezequias em reunião com a diretoria da Previc conseguiram manter o artigo 81 do Regulamento do PBS-A da forma como foi redigido, ou seja mantendo toda a responsabilidade de cobertura dos eventuais déficits por conta das Patrocinadoras.

Queremos com isto tranquilizar os nossos colegas assistidos e desejar a todos um próspero Ano Novo.

Conselheiros Eleitos:

FlordeLiz, Burlamaqui, Ítalo e Ezequias.

Compartilhe:

FacebookTwitterLinkedIn