A todos os Assistidos e Participantes dos Planos administrados pela Sistel

Prezados Assistidos e Participantes,

Estamos em pleno período para elegermos os futuros representantes dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Sistel. Por isso, venho me manifestar sobre os valores e a dedicação profissional que foram demonstrados por todos os conselheiros eleitos e apoiados pela FENAPAS até hoje, que têm o seu devido valor. Entretanto, tais valores, na prática, têm sido percebidos pelos assistidos e participantes dos Planos administrados pela Sistel de forma diferente.

Ou seja, os representantes da FENAPAS dizem alguma coisa e fazem outra. Por isso, é importante que todos os atuais eleitores conheçam a sentença judicial de Ação Civil Pública do Processo 2001.001.107235-1, prolatada em 23/05/2003, com trânsito julgado desde 2007.

Pessoalmente, lamento muito a visão distorcida dos colegas representantes da FENAPAS e que estão há tempos nos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Sistel. É óbvio que devemos nos concentrar na nossa capacidade de fazer frente aos interesses dos assistidos e participantes dos Planos administrados pela Sistel, principalmente que boa parte destes já estão com idade acima de 70 anos.

Por isso, é muito importante que os eleitores escolham pessoas que efetivamente representem os assistidos com dignidade, respeito e profissionalismo. Se você, assistido, quer e precisa receber os superávits futuros e não querem que o PAMA se torne inviável, não vote nos candidatos apoiados pela FENAPAS. Vote em outros candidatos que melhor os representarão junto a Sistel na sua região.  Dessa forma, devemos cuidar zelosamente dos nossos destinos antes que os aventureiros da FENAPAS nos impeça de fazê-los por outros interesses. Assim, temos a convicção de que a minha educação, os meus princípios e valores serão sempre importantes para o alcance e a ajuda a quem efetivamente precisar.

A nossa plataforma básica prevê os seguintes pontos fundamentais:

– Buscar melhorias do PAMA e seu PCE, tanto nas redes de atendimento como na redução de valores de coparticipação e contribuição;

– Trabalhar junto a Sistel, visando a liberação optativa do pecúlio;

– Continuar a luta pela liberação dos Superávits suspensos pela Ação da FENAPAS;

– Trabalhar para a criação de Seminários e Cursos a respeito de noções de atuária; e

– Outros.

Assim, contamos com a compreensão de todos que já enxergaram que está na hora de haver mudanças radicais para o efetivo bem de todos os assistidos

Por isso, a CHAPA 10 – André Ghenov (DF), Maria Augusta (Alagoas) e Francisco Leite Ribeiro (Sergipe)  conta com o voto dos assistidos e participantes da Sistel da Região 4, para o Conselho Deliberativo; bem como, com o voto dos assistidos e participantes da Sistel da Região 2, na CHAPA 22 – Airton Ângelo Bianchi (Pernambuco), José Humberto Fernandes (DF) e Valdeciro Cavalcanti (Pernambuco), para o Conselho Fiscal.

Obrigado,

ANDRÉ GHENOV  –  CHAPA 10  –  REGIÃO 4

Candidato ao Conselho Deliberativo da Sistel

Compartilhe:

FacebookTwitterLinkedIn